Páginas

Número de Visitas

Seguidores

Olá amigos!

Acreditamos que há uma outra história da humanidade a ser contada. A maioria dos posts baseiam-se nos estudos dos meus autores preferidos.

Cito alguns: Zacharia Sitchin, J. J. Benitez, Robert Bauval, Graham Hancock, Erich Von Daniken, entre outros.

Com o desaparecimento da biblioteca de Alexandria uma grande parte da nossa história foi perdida, mas com a descoberta da biblioteca do rei assírio Assurbanipal, parte dela foi recuperada para nos trazer um pouco mais de luz sobre a historia da humanidade. Mais info aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Biblioteca_de_Ninive

Wanderley Xavier

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A HISTÓRIA SEM VÉU


Como um pesquisador dos grandes mistérios do passado oculto da humanidade, aprendi a ler nas entrelinhas das lendas e mitos das grandes culturas desaparecidas. Neste processo de estudo passei a dar mais valor para os escritos apócrifos do que aos oficiais, e Tróia foi descoberta porque o pai de Heinrich Schliemann contava-lhe sobre a guerra entre gregos e troianos, ouvindo-a atentamente dissera ao seu pai que quando fosse adulto iria descobrir sobre a veracidade daquela narração.

Aos 63 anos de idade este arqueólogo amador alemão cumpriu a sua promessa, isto foi possível porque acreditara numa lenda. A descoberta de Machu-Pichu se deve também a credibilidade que o americano Hiram Bingham deu as histórias que ouviu dos nativos da região dos Andes.

A idéia de deuses ou seres divinos, como queiram, que mantinham contato com seres humanos está presente da Suméria dos deuses Enki, Enlil e Ea á Canaã do deus El e Asherah; da Fenícia do deus Baal até a Grécia de Zeus; em todas estas culturas o contato dos homens com os seus deuses era uma sólida crença. No Egito vemos Isis sendo engravidada por Ptah e dar á luz a Hórus. Na mitologia grega Zeus, o pai dos deuses gregos, visitou Sêmele na forma de um raio e ela deu á luz a Dionísio.

Segundo a lenda descrita por Ésquilo, escritor grego, Prometeu era um dos gigantes que habitavam a Terra antes dos homens atuais aparecerem, ele e seu irmão Epimeteu foram encarregados de criar os homens e dar-lhes tudo o que julgassem necessário para a sua sobrevivência. Mas Prometeu dá aos homens algo mais: o fogo, que neste caso pode significar, o conhecimento. Zeus, o deus mais poderoso, não aprovou esta sua atitude de ter repartido o fogo dos deuses com os homens.

Por ter dado a capacidade de evoluir a humanidade, Prometeu foi severamente castigado; Hércules, o herói mitológico grego, foi quem o libertou. Quando analisamos a questão dos anjos caídos comparando os textos da Bíblia com o livro de Enoque, também encontramos passagens que demonstram o contato de homens com seres que são chamados de Elohim (deuses) e estes trazem aos homens conhecimentos proibidos. Deste contato entre os filhos dos deuses e filhas dos homens, surge uma raça de seres gigantescos nominados de formas variadas na Bíblia.

Segundo a Bíblia seres gigantes são derrotados e eliminados pelos seguidores do Deus Todo-Poderoso que lhes auxilia para eliminá-los. Como a presença destes gigantes está inserida em muitas culturas antigas creio que não pode ser ignorada, principalmente quando vestígios arqueológicos nos mostram que seres humanos gigantes de fato existiram na Terra num tempo imemorial. Segundo o que lemos na Escrituras Hebraicas estes seres comiam carne humana, vejo que aí pode estar a origem de uma prática presente em muitas religiões antigas, a de sacrifícios humanos, supostamente oferecido aos deuses.

Um dos maiores decifradores das placas sumerianas, Zecharia Sitchin, afirma que os sumérios consideravam os seus ancestrais oriundos do planeta Nibiru, chamados de Anunakis, eles teriam criado o primeiro ser humano e seu nome era Adapa, portanto, a semelhança deste nome com o Adão bíblico pode não ser mera coincidência.

Voltando a mitologia grega, quero citar brevemente alguns detalhes dos escritos de Homero, onde notamos a constante intervenção dos deuses, benéfica ou maléfica, na vida dos homens. A luta entre gregos e troianos (tema da Ilíada) apresenta-se marcada pela presença de poderes superiores que interferem no desenrolar da história. Nas aventuras de Ulisses (tema da Odisséia) observamos a mesma questão. Os deuses nestes escritos têm forma e humores humanos.

Na Bíblia aqueles que são chamados de Elohim (deuses) possuem forma (antropomórfica) humana. Outro fenômeno pode ser notado, refiro-me a estória de homens que são gerados após a manifestação de seres considerados mensageiros de Deus (Elohim-deuses), é assim nos casos de Isaque, Sansão, João Batista e Jesus; Noé, também, segundo o livro de Enoque, impressionou pela aparência incomum que possuía quando nasceu. Leia:

“A esposa de Lameque ficou grávida e deu á luz um filho cuja pele era branca como a neve e avermelhada como a rosa; cujos cabelos eram longos e brancos como a lã e cujos olhos eram belíssimos...Disse Lameque: Tive um filho que é diferente de todas as crianças. Não é humano, mas a progênie dos anjos e parece ter uma natureza diversa da nossa.” (Enoque 105:2-3;)

Precisamos tomar muito cuidado ao afirmarmos que as lendas e mitos são apenas fantasias resultantes da ignorância dos nossos antepassados. Apesar de todo conhecimento cientifico que possuímos, precisamos de muito mais avanços para podermos compreender o passado oculto da humanidade, de momento o que posso dizer, é que muitos livros sobre a real história da nossa civilização ainda não podem ser escritos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe!

Prova que os EUA desenvolvem veículos voadores (tipo OVNIS)

Imagens Secretas de OVNIS da NASA

Vídeo incrível da NASA captura o que parece ser uma gigantesca nave alienígena.

Twitter